quarta-feira, outubro 25, 2006

Publicidade

Há uns anos atrás apareceu a moda de colocar estes avisos na caixa do correio. Até são vistosos, coloridos e acima de tudo, explícitos.
Mas parece que o efeito é nulo. Na minha caixa do correio aparece publicidade de todo o tipo. Eu e todos os meus vizinhos (e são muitos) chegam a casa, vêem o correio e vão deixando o lixo no caixote da entrada... Resultado: muitas vezes andam papéis no chão.
E pergunto-me eu: por que raio as empresas gastam tanto papel nestas distribuições e gastam tanto dinheiro a pagar a pessoas para distribuir estes papéis de vida curta.
Isto chega ao cúmulo de, para despacharem mais depressa o monte que têm para distribuir, meterem publicidade em sítios onde ninguém vai ler... Por exemplo, há uma loja por vender/alugar ao lado da minha porta que tem, sem exagero, à volta de três centenas amontoadas de papéis publicitários no interior da montra...
Será que nos podemos queixar em algum lado? Era muito bem feito podermos punir essas entidades, uma vez que estão a ir contra os nossos direitos e, o pior a meu ver, a desperdiçar recursos que cada vez são mais escassos e caros!

O mundo tem tantas pequenas coisas que juntas e evitadas/melhoradas nos tornavam muito mais justos!...

3 comentários:

Headache disse...

Basta telefonar à DECO que eles dizem a quem mandar a queixa, que depois é encaminhada de duas maneiras:

para a empresa distribuidora.
e para a empresa que está a ser publicitada.

No caso da empresa publicitada ter certificação ISO9001, é certinho: têm que atender a tua queixa (podes também fazer isso directamente, suponho...).

Na última queixa que fiz á Carris (certificados) eles não só tiveram que responder como ainda me indemnizaram com um BUC! :P

PhI disse...

Bem, eu como não sou diferente, na minha caixa de correio também sou presenteada todo o santo dia, por volta da hora de almoço, com esses magnificos papéis!!! Sou sincera que alguns ainda os aproveito... confesso que, como dona de casa desesperada, muitas vezes sem tempo para mergulhar na nossa gastronomia alentejana, dou por mim a seleccionar alguma dessa publicidade chata... para encomendar uma pizza ou talvez... comida chinesa...
Claro que é escusado dizer que a maior parte dessa publicidade vai para o lixo seleccionado, na esperança de uma futura reciclagem!
Pois bem,no entanto, tal como tu, acho que deviam reduzir a distribuição desses papéis (nem todos... lembrem-se das raparigas/mulheres como eu...), acho que as pessoas também deviam ser um pouco (muito) melhor educadas! Então é para o chão que se deitam os papéis?? Isso sim, irrita-me mais que ver a minha caixa de correio cheia! Será que ninguém passou antes de mim e não se deparou com o hall de entrada cheio de papéis no chão? Ninguém se importa?? É sempre a mesma coisa todos os dias!
Custa muito apanhar os papéis e ter a delicadeza de levar para a reciclagem juntamente com todos os outros papéis que suponho que tenham em casa!
Fuuuu! Povo comodista!!! Em TUDO!
Abaixo as distribuições exageradas e dinheiro mal gasto!!!

Beijoquinhas!!

Anónimo disse...

Agora imagina a minha situação, que comprei uma casa que estava desabitada há 7 anos!!!
A 1ª vez que abri a caixa do correio enchi 3 sacos do Jumbo!
E agora, que lá vou abrir a caixa pelo menos 1 vez por semana, nunca me livro de, pelo menos:
- 3 folhetos do Jumbo (iguais, claro!)
- 2 jornais DICA (grande leitura de casa-se-banho)
- 4 folhetos do Plus
- 1 folheto da CASA
- 3 folhetos do Carrefour
- 10 folhetos de excursões a Badajoz e Santiago de Compostela
e ainda...
- tarólogas, canalizadores, engomadorias, etc, etc, etc....

No meio de tudo isto lá consigo encontrar as cartas realmente importantes (embora sejam quase sempre contas pra pagar, o que lhes tira todo o interesse...), embora esteja sempre com receio de deitar alguma fora... no meio de algum folheto da REMAX... (tinha-me esquecido desta)