quinta-feira, março 20, 2008

Páscoa à Vista!



A azáfama do dia dos Bolos Fintos era enorme. A massa começava a ser feita no dia antes, num alguidar de barro onde eu cabia. As várias etapas da massa e as várias horas de fermentação envolviam muitos rescursos. Lá vinha a família toda para casa dos avós. O avô Manuel punha o gorro à padeiro e amassava vigorosamente, enquanto a avó Felismina dava as indicações, uma vez que era a detentora da receita de família. As contas dos quilos de farinha e açúcar, as especiarias finamente escolhidas, as cascas de laranja que acumulámos durante alguns dias, tudo ao pormenor.
No dia de amassar e cozer os bolos, o avô ia acender o grande forno que temos, mesmo como manda a tradição. E depois com a gigante pá de madeira, lá iam entrando os bolos. 

Os pequenos faziam os tradicionais lagartos de Páscoa. E de vez em quando tirávamos um bocado de massa crua para comer às escondidas...

Hoje em dia os avós já não entram nestas andanças. A minha mãe vai fazer hoje os bolos, mas já no forno normal de cozinha. E eu espero conseguir chegar a tempo de ainda fazer alguns! Mas já estou aqui a sonhar é quando começar a sair o cheirinho deles e se espalhar pela casa... E a lareira... Aii!...

(Pena eu ir de "férias" com trabalho atrás, e não é pouco!)

6 comentários:

Aisling disse...

Wed, entrei aqui e fiquei logo com fome e com vontade de fazer bolinhos! Este tipo de tradições trazem tanta saudade...
Beijinhos e uma Páscoa feliz para ti e para a tua família

Tita disse...

Boa Páscoa!!

Esses bolos têm um aspecto.. hmmmmm

Gione disse...

Páscoa Feliz para ti e para os teus.

Fatima disse...

Que rico aspecto. Eu hoje também falei de bolinhos tradicionais. São todos tttãããããooo bons!
Feliz Páscoa

Mim disse...

Epá, até me deu o cheirinho no nariz... nham......


:)

Feliz Páscoa, boa viagem!

wednesday disse...

E estão divinais, como sempre... Nham!!