quinta-feira, julho 12, 2007

Sonho de uma noite de Verão...

Estamos reunidos na praia, os amigos inseparáveis a ver o pôr do sol. Há violas, há sorrisos entoados e letras de músicas que nascem connosco. Há chouriços e linguiças a espalhar os mais gulosos desejos, um pão alentejano a querer aquele pingo quentinho... Parzinhos à socapa já se encostam, à espera que uma ténue brisa os ajude na desculpa do frio. A máquina fotográfica que dispara momentos aos desbarato, nem o sorriso mais amarelo a demove de estar no sítio certo. Chegam ondas à festa, parecem querer ser incluídas... Com as ondas, as conchas, as algas, uma ou outra alforreca marota... Um patinho de borracha...



... um patinho de borracha?...

"Esta é já uma história épica: 29 mil patinhos de borracha estão há 15 anos à deriva nos oceanos. Agora farão a sua entrada triunfal ao aparecer na costa inglesa. E talvez na portuguesa também. Cada um vale 73 euros"

Quais naufragos, estes bonequinhos de água doce sobrevivem há 15 anos às ondas dos temíveis oceanos. Alguns deverão ter gelado nos pólos, alguns terão perdido a sua viva cor... Mas os resistentes já avistam terra e querem regressar à realidade. Receio que as crianças de hoje não sejam tão dadas a coisas tão simples, especialmente se já não houver um olhito que chame à atenção.

"Diz-se que nadaram mais de 27 mil quilómetros e, apesar de alguns terem ficado retidos no frio congelante do Ártico, outros resistiram e chegarão agora a Inglaterra. "

São os verdadeiros aventureiros, já devem ter visto de tudo por essas águas fora. Se calhar alguns já foram resgatados, recuperados da hiportemia, mas a maioria já não vive sem a emoção dos oceanos...

"A viagem passa-se da seguinte maneira: se os patos estão a ir para Inglaterra, significa que apanharam o giro subpolar. A sul desta corrente encontra-se o giro subtropical. Se alguns dos brinquedos forem parar um pouco mais para sul, podem ser apanhados pelas correntes do giro subtropical que desemboca na corrente Portugal. É isso que poderá fazer com que os patinhos surjam na costa portuguesa por volta do Verão. "

Portanto esta visita vinda do mar pode muito bem acontecer no seu dia de praia, pacato... Ainda por cima são importantes!

"Ebbesmeyer traça o percurso dos brinquedos através de um modelo de computador construído pelo seu colega Jim Ingraham, da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), e que tem ajudado os oceanógrafos a compreender melhor as correntes. Joaquim Dias, professor na faculdade de Ciências na Universidade de Lisboa, explica que estes patinhos se tornaram uma experiência importante: "São traçadores de correntes, ou seja, ajudam-nos a compreender a circulação média do oceano à superfície.""

E melhor ainda, parece que este seu dia pacato, polvilhado de tal experiência caricata, pode ainda render um belo repasto de sapateira e marisco!

"The First Year, fabricante dos patinhos, oferece 100 dólares (73 euros) por cada animal encontrado e devolvido. O jornal The Times acrescenta que estes patinhos, mais do que um conjunto de brinquedos perdidos no mar, são já um objecto de colecção e que podem valer cerca de mil dólares (734 euros) no mercado coleccionista. "

Já estou a imaginar o e-bay ao rubro com patos descorados e disformes... E como felizmente até há malucos para tudo, se formos o sortudo a resgatar o resistente patinho, podemos começar um belo pé de meia!

"Entretanto, os brinquedos tornaram-se objectos de culto e esta história, que é já quase um romance policial, foi até inspiração de livros infantis."

E o patinho voltou para a sua terra e foi feliz para sempre.... - FIM -

OOoopss, não é o fim...

O resgatador vendeu o patinho no e-bay e conseguiu comprar ao seu filho todos os modelos de consolas do mercado.

- FIM -
Nota: O texto original completo aqui. Espero que abra...

6 comentários:

Tuxa disse...

Desconhecia de todo... que engracado! Quem sabe ainda nao se fazem uns trocos?!
(e o link abre)
Bj

Miss K. disse...

já conhecia a história, mas não com tantos detalhes!

ps: manda-me um mail para o lifeisamasterpiece@gmail.com e dou-te todas as dicas que quiseres sobre o Rio! vais-te perder naquela cidade...

Thunderlady disse...

Ahahah, adorei o modo como encaixaste a história dos patitos num conto de verão. Muito giro!

Agora vou para a praia acampar à espera de apanhar algum pato e fazer uns trocos. 73 euros já rende, ó ó!

Rafeiro Perfumado disse...

Já sei onde vou passar o resto das minhas férias, a caçar patos!!

wednesday disse...

Eu vi primeiro!:P

MiSs Detective disse...

que giro!!! nao fazia a minima ideia.