domingo, junho 08, 2008

Memórias da Feira do Livro

Só ontem consegui ir a primeira vez. Depois da recuperação do Rock in Rio, um almoço às 4 da tarde, qual casamento. Fomos à Feira antes do Jogo da Selecção. Há sempre tantos livros e indecisões sobre o que trazer. Ficam sempre uns para o ano que vem e outros que, chagada a casa, acho sempre que devia ter trazido.

As compras deste ano recaíram num guia de New York por 2€! Mesmo às portas da viagem lá. Um livro que procurava para o trabalho. E de livros livros, daqueles que devoramos, trouxe dois. Muito diferentes. Um romance e um de divulgação científica: "Cem anos de Solidão", de Gabriel García Marquéz e "A Matemática das Coisas" do Nuno Crato. O "marido" trouxe, também do García Marquéz, "Memória das minhas putas tristes", um livro de bolso por 5€. Trouxe também um da área de nutrição, que ele gosta muito.

Fiquei com pena de não ter pegado na versão de bolso do Eça, "A Relíquia", por menos de 5€. E ainda não foi desta que trouxe "O Erro de Descartes" do António Damásio.

Estava lá o António Lobo Antunes a dar autógrafos. Logo eu não sou fã. E também a Ana Maria Magalhães e a Isabel Alçada, mas dessas já tenho num livro da colecção "Uma Aventura".

Thunderlady, já não fui a tempo de te avisar que ia. Mas se planeares ainda ir este ano, avisa!

4 comentários:

Thunderlady disse...

VOU, VOU!!

Vou dia 12. E ficamos logo em Lx para os santos. Queres combinar??

:D

Já é tempo!!

**

EDUARDO disse...

um beijo do

paradoxos!

wednesday disse...

eduardo, obrigada:)

Thunderlady, vou ver como vai ser esse meu dia. Assim que souber alguma coisa, digo!

Catarina disse...

Cem anos de solidao e um dos meus livros favoritos. E por acaso estou a rele-lo agora ;-)