quinta-feira, junho 05, 2008

A moda do ECO

Bem, neste país estas coisas pegam sempre. Agora é a moda do ECO. É tudo ECO. Os carros, as lavagens, detergentes, qualquer dia até os animais de estimação são ECO(nómicos) e depois, nós próprios.

Eu questiono-me até onde vai a nossa crença sobre tudo ser ECO. É que o conceito é tão acessível que até parece que é fácil e não há esforço em poupar. Portanto o melhor é cada um começar a pensar no que realmente faz para poupar o ambiente. Não é pelos outros, é por nós próprios mesmo. Aqui podem ser egoístas mesmo. Vão estar a ajudar o vosso futuro e dos vossos descendentes.

Reciclam? Levam as pilhas ao pilhão? Poupam energia em casa com lâmpadas economizadoras e desligam os stand-by? Evitam usar muitas vezes as máquinas de lavar, especialmente se não estiverem com a carga completa? Evitam o uso do forno eléctrico com pequenas quantidades? Tentam usar mais luz natural que artificial? Usam sacos de pano para ir às compras? Poupam detergentes? Poupam na máquina de secar roupa? Evitam tomar banhos de imersão ou prolongados? Evitam o uso do automóvel? Andam com o automóvel com uma boa taxa de ocupação? Retiraram o peso desnecessário que têm no automóvel? Deitam lixo para o chão? Cozinham quantidades que cobrem necessidades para mais do que uma vez? Utilizam papel reciclado?

Esse rótulo do ECO deixa-me preocupada. Muitas vezes são produtos com custos elevados (grandes margens de lucro), processos produtivos que não sabemos se são mais poluentes e dos quais não sabemos o efectivo efeito no ambiente.

Está na hora de abrir os olhos à questão ambiental meninos.

5 comentários:

pensamentosametro disse...

Bem regressada sejas miúda.

Olha estive para aqui a ler os todo's do bem reciclar e afinal, apesar de ter uns não sei quantos muitos errados também tenho alguns certos. é preciso espantar a preguiça e fazer um bocadinho melhor.

Bjos

Tita

Bia disse...

Reciclo papel, metal e plástico, levo as pilhas ao pilhão, poupo energia em casa com lâmpadas economizadoras e desligo os stand-by. Espero sempre que a máquina de lavar tenha a carga completa. Tento usar mais luz natural que artificial, até vejo melhor! Uso um saco de pano para ir às compras e é muitaaaaaa giro!!! Ficam todos a olhar para ele, principalmente aqui em León, Espanha, porque todos usam os sacos plásticos oferecidos pelo supermercado. Poupo nos detergentes e não uso máquina de secar roupa. Evito tomar banhos de imersão. Nunca deito lixo para o chão, nem mesmo nos bares aqui em Espanha. Cozinho quantidades que cobrem necessidades para mais do que uma vez, para poupar tudo, especialmente tempo! Utilizo papel reciclado e as folhas dos dois lados sempre. :)

Wednesday, este filme deve interessar-te:

http://video.google.com/videoplay?docid=-3412294239230716755&hl=en

e já agora, as medidas que a técnica aconselha: http://www.storyofstuff.com/anotherway.html

Beijinhos. Gostei muito deste post :)

Sadeek disse...

Isso por acaso não me ocupa muito tempo do meu pensamento. Faço a minha parte. Reciclo e tal mas já é automático.

O que acho que é uma coisa sobre a qual todos devíamos gastar o nosso tempo a pensar é o Aloé Vera. Porque é um produto que ora aparece em produtos de limpeza...ora aparece em produtos alimentares...ora em medicamentos...ora em pasta de dentes...e isto parecendo que não....faz uma certa confusão...AHHAHA

BEIJOOOOOOOOOOOOOO

Cenourita disse...

Pois este assunto do ECO e da reciclagem para mim tem muito que se lhe diga...
Também faço a minha parte e incentivo aos outros que o façam também, mas por vezes fico resignada perante o preço de certas coisas recicladas por ex. o papel, que é muito mais caro que o normal, entre outros. E ainda com as taxas camarárias, pois se temos o trabalho a separar o lixo, reciclar, e levar até ao ecoponto... acho que não deveriamos pagar!

Lia disse...

A mim o que me faz mais confusão é ver alguém atirar um papel ou qualquer coisa para o chão, ainda por cima muitas das vezes tem um caixote do lixo mais à frente. Infelizmente ainda há muita gentinha a fazer isso.