segunda-feira, maio 26, 2008

2ª feira - Primeira paragem

E nada melhor (ou pior, conforme o ponto de vista) do que começar a 2ªf com a primeira paragem no Centro de Inspecções às 8.00h, que o Pig Mobile já está nos seus 12 anos, a entrar na idade do armário (mais conhecida por idade de veículo em fim de vida no mundo automóvel). Sendo o seu mês também o mês de Maio (sai à dona, coisa máilinda), lá fui com ele à inspecção. Sem qualquer preparação anterior na oficina (senão passava a ganhar só para oficinas), assim, a frio, após um fim de semana de férias (que o passeio foi no popes novo do miúdo). E óbvio, qual peça rija, passou à primeira a tudo, com distinção. Assim até dá pena começar a pensar num substituto.

8 comentários:

Tita disse...

Tadinho do pópó :P

kitty disse...

Velhinho mas com saúde! Eu já tive um carro com 14 anos, mas esse coitado, havia sempre qualquer coisa que fazia com que ele não passasse!

Ele há horas assim... disse...

Vê-se logo a quailidade do pig mobile. É de Maio e está tudo dito. Nós, os de Maio, somos uma classe à parte!

:)

Beijinho

Maria João disse...

:) E como nos afeiçoamos a eles... custa tanto troca-los!!! Levam-nos a todo o lado, esperam por nos onde quer que seja, dao-nos musica, ouvem-nos cantar aos berros na estrada sem reclamar, ... :)

Cai de Costas disse...

Guarda esse, que um novo nunca tem carácter, história nem nada dessas coisas. Já para não falar de questões económicas e ambientais e essa tanga toda...
Eu sei do que falo!

Pulha Garcia disse...

Quando me desfiz do meu primeiro carro (aquele das namoradas da faculdade, das bebedeiras e espect�culos tristes, das primeiras sa�das de Lisboa s� com amigos, no fundo dos primeiros 100.000 kms de prazer e de servi�o quase leal) custou-me imenso. Tive que olhar para ele e dizer em sil�ncio "n�o fiques assim, tivemos a nossa hist�ria". Lembrei-me imenso de um livro fascinante chamado "Rosinha, minha canoa" escrito pelo Jos� Mauro Vasconcelos (quem o leu, e aconselho, saber� do que falo).

Ainda penso no carro de vez em quando (eu sei que � um pouco rid�culo)...mas a vida continua e hoje estou melhor e j� n�o estou sempre a reparar na matr�cula dos Peugot 306 azuis cinza quando os ultrapasso nas auto-estradas... e se estivesse tamb�m n�o vos dizia.

Thunderlady disse...

Muitos parabéns ao pig mobile que mereceu muitos beijinhos e festinhas, com certeza!

Com o meu uno também já não passávamos em oficinas, ia direito ao IPO fazer a avaliação e deposi sim, ia à oficina. Creio que ainda dura nas mãos de uma amiga minha :)


(PS - vai ser este ano que nos encontramos na feira do livro?)

wednesday disse...

Thunderlady, ainda não sei quando consigo ir, mas aviso-te! Se der, óptimo, senão temos de marcar para outro dia, SEM FALTA!:)

Ainda bem que me compreendem relativamente ao meu pig mobile. Pode ser velho, não ser grande carro, ter os seus problemas, mas anda comigo há mais de 100 000 km. Foi o meu primeiro carro e esse título ninguém lhe tira. Claro que nunca me vou esquecer dele, mas estará para breve a troca. Cada vez tem menos segurança para as deslocações que faço no dia a dia... Pig, eu amo-te, tu sabes!:P