quinta-feira, maio 22, 2008

A revolta do Sol



Maio. Mês das flores, mês em que a Primavera se afirma de pedra e cal, à espera do Verão. Campos verdes, cores, alegria. Começam, ainda tímidas, as festas e romarias populares. O Sol vai aquencendo, preparando para nos aquecer, quase em chamas, no Verão. Fim das aulas à vista, comemoração dos universitários, frutos a amadurecer. As cerejas, as nêsperas, as ameixas, os morangos. Dias tão longos, a convidar a um passeio após o jantar, no campo, no jardim, nas ruas em decréscimo acentuado de movimento. Nos dias de Lua cheia, parece quase haver um Sol nocturno, que nos acompanha. A roupa mais leve, a libertação dos aconchegos na cama, a sandália que deixa o pé voltar a espreitar a rua. Um casaquinho leve. Bebidas frescas, um copo na esplanada. Um gelado. Deitar na relva ou até na praia, absorvendo saudavelmente raios de sol, um tom mais vivo na pele.

Para quem já tem saudades ou já nem sabe como era o mês de Maio nos tempos passados. Maio. De pijama quentinho, manta à mão, ouvindo a chuva lá fora. Feriado com desejo de ficar enroscada no sofá. Maio. Já não és o mesmo Maio que cresceu comigo e fez anos comigo ao longo da minha vida.

10 comentários:

Tita disse...

Pois não, está tudo trocado!

Cenourita disse...

Olá wednesday!

Até me emocionei ao ler a tua crónica... Também sou do mês de Maio e sinto precisamente o mesmo que tu.

A foto tá linda! Bons feriados e bom fim de semana para ti!

Beijocas***

Nostálgica disse...

Hoje parece-me aqueles dias de inverno.. chuvosos e frios..
Está mesmo tudo trocado.

um beijinho.

Eumesma disse...

É..prece que o tempo anda triste como a maioria das pessoas...

Já não podemos contar com nada, nem com o tempo...

Lisa's mau feitio disse...

Olá!:)

Pois hoje pensei justamente nisso...
Lembro-me do Maio florido em que pelos meus anos se fazia um enorme lanche na Alameda da minha cidade natal... Agora? tão estranho...

É a real dificuldade que tenho em conversar com os meus alunos sobre a Primavera (conteúdo de uma das áreas disciplinares).

Agradeço-te, também, os votos de feliz aniversário que deixaste no meu blog. Obrigada.

Queria também participar no teu concurso de fotografias. Em que post poderei ver as regras?

Beijinhos grandes!!

Lisa

Thunderlady disse...

LOL Ó Wed, desculpa "rir", eheh, o teu texto está muito bom, mas achei piada ao fim, "Para quem já tem saudades ou já nem sabe como era o mês de Maio nos tempos passados.". Ainda o ano passado tivemos um Maio brutal cheio de sol e calor... ! Não foi assim há tanto tempo, eheh

Bjoka , agora também me vou encostar na manta a ver a Patologista ;)

João Videira Santos disse...

Maio colhe-se maduro no pão e no vinho que o verão amadurece...

Caetana disse...

Este Maio está a ser estranho...

medusa disse...

nunca mais aquece o tempo, credo!

medusa disse...

nunca mais aquece o tempo, credo!